No ano letivo 2014/2015, somos a sala H da Escola Básica Nuno Álvares em Carregal do Sal!!

sexta-feira, 6 de dezembro de 2013

Como se faz um tornado

A propósito de fenómenos da natureza e estados do tempo surge a palavra "Tornado". Reunimos o material necessário e mãos à obra...


No final, tiram-se conclusões e regista-se o que se observou e concluiu.


Click to play this Smilebox slideshow

video


O que acabamos de observar nesta experiência é um tornado simulado. Quando se agita a garrafa criamos um vórtice que devido à velocidade de escoamento da água origina a   formação de um cone invertido de água. Isto acontece porque a água que está mais próxima do orifício da garrafa tem uma velocidade superior.
No caso dos tornados verdadeiros, estes formam-se devido ao encontro de correntes de ar frio com ar quente húmido. Devido à menor densidade, o ar quente sobe, começa a formar-se um vórtice e, no final, um remoinho. A velocidade no centro do tornado pode chegar aos 400 km/hr. 

A explicação cientifica não é de fácil entendimento mas fica a ideia... e a certeza de que as crianças em idade pré escolar interessam-se por actividades de ciências experimentais.

Amanhã repetiremos a experiência adicionando corante à água. 

Ficamos agora à espera que apareçam imagens dos "tornados" criados em casa.

Sem comentários: